20.8.15

DIETA PASTOSA - para pacientes com dificuldade de mastigação, deglutição e digestão





Quem não passou por algum momento na vida em que precisou seguir uma dieta pastosa? Como tenho alguns pacientes em consultório com dificuldade de deglutição, estreitamento de esôfago ou casos de pós operatórios de cirurgia bariátrica montei uma aula específica sobre dieta pastosa e aqui no Blog compartilho algumas dicas valiosas com vocês.

Primeiramente não se apavore, você tem como sobreviver por um curto período 10-15 dias da dieta ou as vezes por um período um pouco mais longo. Basta apenas se organizar e estruturar um cardápio.

Siga algumas dicas:
> Faça um cardápio semanal e adquira suas compras no fim de semana com produtos de preferência orgânicos como recomenda o Guia Alimentar Brasileiro 2014;
> Monte sua refeição com os 3 grupos alimentares: proteínas, carboidratos e vegetais - conforme o quadro abaixo. Exemplo: 1 proteína (frango) + 1 carboidrato (arroz) + vegetal (cenoura) lembrando que todos os ingredientes devem estar na consistência pastosa;
> Procure variar nas cores do seu prato;
Teste o sabor de cada prato, ajuste os temperos;
> Prepare os alimentos em maior quantidade e armazene em recipientes de plástico ou vidro e congele para otimizar seu tempo.

SIRVA-SE DE 1 A 2 COLHERES DE SOPA DOS 3 GRUPOS EM CADA REFEIÇÃO - ALMOÇO E JANTAR



PROTEÍNA
CARBOIDRATO
VEGETAL
frango
arroz papa
purê de cenoura
peixe
purê de batata
purê de abobrinha
carne
purê de mandioquinha
purê de abóbora
ovos
purê de cará
purê de chuchu

purê de inhame


macarrão mole



DICAS DE COMO PREPARAR A REFEIÇÃO:
> Frango: Faça um caldo de frango caseiro, bata o frango no liquidificador e armazene em porções individuais;
> Com o restante do caldo de frango congele em cubos;
> Cenoura: Utilize o caldo de frango para cozinhar as cenouras na pressão por 5 minutos contando o tempo a partir do momento que a panela começar a chiar, amasse a cenoura, tempere com azeite e pouco sal e se preferir armazene no freezer em porções individuais;
> Arroz papa: Coloque tudo de uma vez em uma panela:1 xícara de arroz + 3 xícaras de água + um jato de óleo de gergelim torrado + 1/2 colher de chá de sal. Quando atingir fervura, abaixe a chama, tampe a panela e conte 15 minutos. Desligue o fogo e espere 10 minutos. Abra a panela retire o arroz e comprima com o garfo. Separe em porções individuais e congele se preferir.
>Batata: Cozinhe as batatas em cubos cobertas em água na panela de pressão por 10 minutos contando o tempo a partir do momento que a panela começar a chiar. Amasse as batatas adicione leite, queijo ralado e sal.

INFORMAÇÃO IMPORTANTE: A consistência da dieta pastosa é abrandada pela cocção, com alimentos moídos, liquidificados em formas de purê, papa ou creme. O fracionamento recomendado é de 5 -6 refeições diárias (desjejum, colação, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia). A quantidade de macronutrientes: normoglicídica, normoproteica, normolipídica.

VALE A PENA: Teste sempre os sabores dos alimentos. Adicione manjericão para dar mais sabor ao purê de frango ou noz moscada para dar sabor ao purê de cenoura ou outra erva ou tempero delicado que tiver na cozinha. Tudo isso vale a pena para deixar a comida com mais sabor. E, não menos importante lembre-se de montar o prato de uma maneira charmosa. Se tiver uma forma de empadinha enforme o arroz ou o frango que for servir. Se inspire na foto que ilustra a postagem.























REFERÊNCIAS


HOSPITAL SAMARITANO SÃO PAULO. Divisão de Nutrição e dietética. Manual ilustrado de dietas para a prática clínica. Samaritano, 2010. 235 p.

SILVA, S. C.; MARTINEZ, S. Cardápio: Guia Prático para a elaboração. 3. ed. São Paulo: Roca, 2014. 427 p.

SILVA, S. C.; PEREIRA, J. D. Tratado de alimentação nutrição e dietoterapia. 2. ed. São Paulo: Roca, 2010. 1256 p.

. foto arquivo pessoal

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...